O Festival de Língua Portuguesa (Felpo) desembarca em Salvador em uma parceria entre a Prefeitura e o Global Media Group, um dos maiores grupos de comunicação lusitana, através da Rádio TSF, para comemorar o aniversário de Salvador. O evento, que integra o Festival da Cidade, tem como objetivo celebrar a língua mesclando a cultura e reunindo artistas de três países: Angola, Brasil e Portugal.
 
Para o grande público, duas ações movimentam a cidade nos dias 29 e 30 de março. Em 29, data do aniversário da cidade, o Farol da Barra será palco do Concerto Internacional Salvador 470 anos. Um espetáculo inédito e produzido especialmente para a data, gratuitamente. Ao todo, nove cantores se revezam no palco a partir das 19h. 
 
Um dos maiores nomes da música portuguesa, e com grande reconhecimento no Brasil desde seus primeiros shows em 2009, Antônio Zambujo é um dos artistas mais esperados da noite. O músico já cantou ao lado de ídolos brasileiros, a exemplo de Roberta Sá, Chico Buarque, Ney Matogrosso e Ivan Lins. Vale destacar que Zambujo gravou um disco completo com obras de Chico Buarque, e já esteve na lista do Grammy para o prêmio de melhor artista latino.
 
Outro destaque é o cantor angolano Paulo Flores. O compositor e intérprete é uma das principais referências na música de Angola, um músico de reconhecimento mundial e um defensor incansável do Semba. Segundo o próprio artista, sua música é para ouvir e para dançar: 
 
Ainda sobre os convidados internacionais, destaque para a também portuguesa Ana Moura. A fadista, uma das mais famosas na atualidade, já vendeu mais de um milhão de discos no mundo todo e se destaca pelos diversos prêmios que acumula na carreira. Moura é aclamada pelo seu excelente timbre de voz, beleza e simpatia junto ao público.
 
Além dos artistas internacionais, músicos genuinamente baianos completam o concerto com músicas e apresentações em homenagem a Salvador e sua história. Daniella Mercury, Saulo, Carla Cristina, Márcia Freire, Magary Lord e Márcia Short vão levar todo a energia para o palco da Barra.
 
Troca de livros – A literatura também marca a Fespo. Isso porque um grande escambo de livros será realizado no Largo da Mariquita, no Rio Vermelho, no dia 30, a partir das 19h. A ideia da ação é espalhar a língua, fazê-la passar de mão em mão, ou seja, "traga um livro, deixe-o, e leve um novo para casa". 
 
Na ocasião, será possível bater um papo com escritores, como é caso do ganhador do Prêmio Leya 2018, Itamar Vieira Júnior, além de Paloma Amado e Ricardo Viel, que fizeram a pesquisa para o livro “Com o mar por meio” - uma troca de correspondência entre Jorge Amado e José Saramago. Outro autor que participa da ação é Sérgio Rodrigues, escritor, jornalista e crítico literário brasileiro, vencedor do Prêmio Portugal Telecom de Literatura em 2014,  
 
Vale ressaltar que o Feslpo acontece pela primeira vez, em Salvador, e vai ainda esse ano ser realizado em Lisboa.