No dia 28 de março a capital baiana celebra 469 anos e a Prefeitura de Salvador preparou uma comemoração que é a cara da cidade. Entre os dias 23 de março e 1 de abril mais de 60 ações acontecem durante a sexta edição do Festival da Cidade que passara por 14 pontos da capital. Uma programação variada, que conta com muito esporte, teatro, música, brincadeiras, oficinas de experimentação artística, exposições e muito mais, garantirão os nove dias de festa.

Shows musicais – A música vai embalar as comemorações de aniversário da Cidade da Música. A Empresa Salvador Turismo (Saltur) organizou uma programação musical especial para a cidade. Pra abrir o festival no dia 23, um dos maiores tenores da atualidade, o cantor erudito brasileiro Thiago Arancam faz grande espetáculo no palco montado no Terreiro de Jesus, Centro Histórico. Depois de passar por mais de 40 países e em mais de 500 palcos, Thiago volta ao Brasil com o objetivo de reencontrar as suas raízes e mostrar a força e a emoção da sua voz ao público onde nasceu. O espetáculo “Bela Primavera” traz a influência do mundo lírico e aproxima o tenor da Música Popular Brasileira.  A noite do dia 23 ficará ainda mais completa com o show de Letires Leite &Orquestra Rumpilezz. Estonteante, a proposta do show da BigBand instrumental de percussão e sopros é levar aos palcos as raízes rítmicas afro-baianas traduzidas na harmonização do jazz, em especial essa apresentação contará com sucessos das obras do Maestro Moacir Santos.

E os shows não param por aí. No dia 24, a noite vai ser de muito forró e pagode. A banda de Xande Avião e o grupo Psirico vão invadir o bairro de Periperi com muita música. Com shows marcados pela alegria e irreverência as bandas prometem agitar a noite. O bairro de Cajazeiras também vai ser palco de grandes shows, no dia 25 o cantor Léo Santana e a banda Duas Medidas vão agitar o local levando muito pagode e relembrando ao público os sucessos das bandas ao longo do verão. Para finalizar, a cantora Marina Lima chega a Salvador fazendo grande show no Largo da Mariquita, no Rio Vermelho.