Uma conversa com idealizadores da Exposição Cunene – Território do Sul, na Casa do Benin (Pelourinho), abre as atividades do terceiro dia de comemoração aos 466 anos de Salvador. Exibição de fotografias que retratam a história dos povos da região sul de Angola antes da colonização portuguesa, em cartaz desde o dia 10 deste mês, será tema de discussão entre o público, o autor das fotos, Juca Badaró, e a curadora do trabalho Aline Cavalcante, a partir das 10h.

Na Cidade Baixa, o Projeto Arte em Toda Parte – LeiturArte segue com as visitas guiadas entre 10h e 16h, à Biblioteca Internacional Leonardo da Vinci. O espaço reúne 14 mil títulos das mais diversificadas áreas, entre elas música, literatura, teatro, culinária, artes plásticas e filosofia. Com a ajuda de guias do Instituto Cultural Brasil Itália Europa – ICBIE, os visitantes, além de conhecerem o acervo, poderão aprofundar o interesse na leitura de livros que estão à disposição do público, tanto para empréstimo, quanto para consulta.

O espetáculo O Quarteto, que integra a Mostra Prêmio Braskem de Teatro, encerra o terceiro dia de comemorações ao aniversário de Salvador, com apresentação a preços promocionais, R$20 e R$10. A encenação acontece no Teatro Castro Alves, às 20h30, e mostra uma história que envolve jogos de sedução, vinganças, destruições e prazeres. Merteuil e Valmont são dois nobres franceses que levam a vida entre jogos de conquista e disputas amorosas.