A banda de reggae Diamba subiu ao palco da Praça da Revolução, em Periperi, para uma apresentação impecável no encerramento da Noite do Reggae, evento integrante da programação do Festival da Cidade, em comemoração aos 466 anos de Salvador. A banda iniciou o show já na madrugada de sábado (28), animando um público de mais de dez mil pessoas, segundo estimativa do capitão Klécius, da 18ª Companhia Independente da Polícia Militar (Periperi).

Para Duda Sepúlveda, vocalista do Diamba, “é uma honra participar com estas duas grandes expressões artísticas, Edson Gomes e Adão Negro, desta celebração. Tudo que se espalha hoje no festival já era para ser dividido, que é a cultura nos espaços da cidade”, afirmou Duda, que não deixou ninguém parado.

“Vamos devolver a honra e a confiança do convite da Prefeitura com músicas novas. Vamos apresentar quatro músicas novas, além de intervenções com nosso técnico de som, tocando canções pra agitar as pistas e ninguém arredar o pé”, completou o artista, que fez o públic cantar com ele também os antigos sucessos do grupo, como Loucura Maior e Eu Piro Quando Você Passa.