Os 466 anos de Salvador terão um presente à altura das suas comemorações. Maria Bethânia brinda a cidade com show especial e gratuito neste sábado (28), às 20h, no Farol da Barra. A apresentação integra a programação do Festival da Cidade, evento promovido pela Prefeitura Municipal com patrocínio do Shopping da Bahia em celebração ao aniversário de Salvador, com mais de 200 ações e atrações multiculturais até o próximo domingo (29).

Depois de 15 longos anos sem se apresentar no Farol, a santo-amarense filha de Dona Canô, que completa 50 anos de carreira em 2015, volta a cantar para grande público na Barra – em uma das poucas vezes em que apresenta em espaços abertos – com show que, segundo ela, foi especialmente pensado para esse momento festivo.

“Fui convidada pela Prefeitura a fazer parte desse bloco de comemorações e fiquei muito, mas muito feliz. Esse show é um recital parecido com o que fiz em Santo Amaro recentemente, durante a Festa de Nossa Senhora, mas bastante acrescido e modificado para homenagear particularmente a cidade de Salvador”, adiantou Bethânia. Como sempre acontece, o show terá momentos de conversa, em que a artista declama textos próprios e de autores como Fernando Pessoa e Sophia de Mello Breyner.

Dona de uma voz inconfundível, aos 68 anos de vida, Maria Bethânia afirma ser uma apaixonada por Salvador. “Essa cidade é muito bonita, muito forte, uma cidade mágica e eu tive a felicidade de viver aqui durante quatro anos. Vivia como se soubesse que teria que sair daqui. Portanto, vivi intensamente, num período deslumbrante, em que a cidade fervilhava culturalmente, com escolas de teatro, dança, música, clubes de cinema. Com Jorge, Calazans, Carlos Bastos, e tantos outros. Era uma época linda. De algum modo eu intuía que tinha que aproveitar profundamente tudo aquilo porque em breve eu iria ser do mundo, e foi o que aconteceu”, lembrou.

Em meio século de carreira, a artista acumula canções consagradas em sua voz como Carta de Amor, Gostoso Demais, Tudo de Novo, O Que É o Que É?, Canto de Oxum, entre outras músicas consagradas pelo gosto popular. Para esse show, Bethânia preparou algo especial. “É um show de cantigas mais conhecidas, sucessos, com participação de outras vozes femininas da Bahia. Salvador é uma cidade de cantoras maravilhosas e poderosíssimas. Para mim, é muito significativo – porque sou mulher e baiana – ter comigo outras vozes femininas nesse show”, afirmou sobre as presenças já confirmadas das convidadas Margareth Menezes, Mariene de Castro e Banda Didá, que fazem participação no show.

Maria Bethânia se apresentou pela última vez no Farol da Barra há 15 anos, no Réveillon de 1999-2000, quando, ao lado de Gilberto Gil, reuniu um público de mais de 200 mil pessoas. “Aquele lugar é lindo e é marcante pra mim. Foi exatamente no Farol onde perdi um anel de prata, que Iemanjá levou, e logo em seguida fui chamada para o Rio de Janeiro”, lembrou.