O cantor Daniel encantou o público presente no Campo da Pronaica, em Cajazeiras X, no show que reverenciou o aniversário da cidade de Salvador. Muita Luz no palco, encenação, interação com os fãs, e uma mistura de antigos e novos sucessos embalaram os corações dos apaixonados. A apresentação que reuniu mais de 15 mil pessoas, foi um dos pontos altos do Festival da Cidade, evento promovido pela Prefeitura com patrocínio do Shopping da Bahia. Com a turnê “Minha Estrada”, o cantor sertanejo comemorou 30 anos de carreira junto com o público soteropolitano, que lotou a praça em um dos bairros mais tradicionais da capital. No palco, Daniel reverenciou a cidade e cantou os parabéns para Salvador.

“Que honra comemorar isso com vocês, mais um aniversário dessa terra maravilhosa. Quero retribuir a receptividade com a minha música”, disse. Como já é de praxe, o cantor levou a imagem de Nossa Senhora Aparecida ao palco, cantando a consagrada canção “Nossa Senhora”, de autoria de Roberto e Erasmo Carlos. O público cantou em coro e homenageou a cidade com uma salva de palmas. A imagem da santa foi entregue ao subprefeito de Cajazeiras, Alan Muniz. “A santa foi entregue à comunidade de Cajazeiras e eu como representante do bairro, tive a honra de receber a santa e vou deixá-la na Prefeitura Bairro, onde a população além de ser atendida, será abençoada”, disse o gestor.

Na platéia tinha jovens, crianças, adultos e idosos, cantando e dançando ao som de Daniel. Sucessos como “Estou Apaixonado”, “Desejo de Amar” e “Rosto Molhado” embalaram a festa. Daniel também homenageou Carlinhos Brown com a canção “Tantinho”, e Lulu Santos com o hit “Assim Caminha a Humanidade”. Antes do subir ao palco, o cantor agradeceu o convite da Prefeitura e destacou a responsabilidade de participar do Festival da Cidade. “Agradeço o convite e a oportunidade de poder fazer parte das festividades. Tem muitos eventos acontecendo na cidade e é uma responsabilidade imensa subir nesse palco e trazer minha música em forma de retribuição a esse carinho que Salvador tem por mim”, disse.

O casal Reijane Paiva e Daniel Paiva teve um motivo especial para curtir o show. Eles completam dez anos de união e são fãs de Daniel. “Viemos comemorar o nosso aniversário de namoro hoje. Chegamos cedo para curtir juntinhos o show de Daniel”, afirmou Reijane. A estudante Amanda Cruz, 18, acompanha a carreira de Daniel desde criança. Ela conta que a avó Antônia é fã e a influenciou a curtir o ritmo romântico. “Amei o show, foi muito bom. A prefeitura deveria fazer isso mais aqui no bairro. O momento mais emocionante foi a canção Nossa Senhora, que Daniel levou a santa”, disse, enquanto aguardava ao lado camarim para tentar uma foto com o ídolo, que atendeu a todos os pedidos de autógrafos e selfies dos fãs.

A dona de casa Sandra Neves, 32, é cadeirante, mas isso não a impediu de sair de casa para ficar na frente do palco acompanhando o show. “Sou muito fã. O show foi massa! Eu cheguei aqui cedo e estou adorando”, afirmou. A aposentada Eunice Maria de Jesus, de 77 anos, não conteve as lagrimas quando encontrou o ídolo. Ela acompanhou todo o show e no final aguardou ao lado do camarim para pedir autógrafo. “Estou muito feliz, eu chorei tanto. Ele autografou meu CD e me deu uma toalha, a primeira vez que vejo ele. Foi lindo”, disse, emocionada.

O contingente da Polícia Militar foi reforçado com 56 policiais e quatro viaturas fazendo ronda na região, além de 29 guardas municipais, que deram apoio na segurança. O Corpo de Bombeiros contou com 17 agentes, uma viatura e uma ambulância. A prefeitura garantiu a infraestrutura da festa. A Secretaria de Ordem Pública (Semop) monitorou os ambulantes e apoiou na iluminação e montagem do palco. Cerca de 50 banheiros químicos foram instalados ao redor do campo. O transporte foi reforçado com quatro linhas provenientes da Estação Pirajá, e o reforço de mais três veículos da frota reguladora. A Transalvador fez o serviço de ordenamento do trânsito. A Sucom também esteve presente para monitorar a qualidade do som.