As comemorações pelos 466 anos de Salvador foram encerradas em clima de paz com centenas de famílias reunidas na Praça Castro Alves para cantar com o Padre Fábio de Melo. O espetáculo foi o último dos 200 eventos do Festival da Cidade, promovido pela Prefeitura com patrocínio do Shopping da Bahia. Mais de dez mil pessoas fizeram da Praça do Poeta um templo para celebrar a paz e o amo por Salvador. O show abriu, ainda, as comemorações da Semana Santa, que tem no Festival Artes do Sagrado, também patrocinado pelo poder municipal a sua versão cultural e religiosa.

O parabéns para Salvador foi cantado numa versão do sucesso Cara Caramba, sou Camaleão, do Chichete com Banana. Perto do fim do show, dona Eunice de Jesus, uma senhora de 77, moradora de Cajazeiras 11, que assistia ao show subiu ao palco e foi abraçada pelo padre, que passou o microfone a ela. A fã elogiou o cantor e o prefeito ACM Neto e depois roubou a cena dançando e tocando pandeiro ao som de O Que É o Que É, de Gonzaguinha.

O prefeito ACM Neto participou do evento e destacou a diversidade da programação, que contou com shows, eventos esportivos, apresentações de teatro e dança em diversos bairros. “Aniversário remete ao futuro. Estamos num ótimo momento e planejando ainda mais ações para a cidade e isso traz esperança e confiança para a população”, disse o prefeito.

O artista mandou uma mensagem de paz para o soteropolitanos: "Eu desejo que Salvador continue sendo de todos os santos e que isso provoque no coração de cada um a vontade de ser melhor. Para mim, é sempre uma emoção muito grande visitar a Bahia." Valter Ruy, coordenador de eventos da Arquidiocese de Salvador, e o vereador Joceval Rodrigues entregaram um arranjo de astronélias e girassóis ao padre Fábio de Melo durante o espetáculo.

Aos pés do poeta Castro Alves e com a belíssima paisagem da Baía de Todos os Santos ao fundo, o sacerdote apresentou o seu novo trabalho, “Solo Sagrado”. O padre, que estava em viagem de peregrinação pela Itália, veio especialmente para a apresentação, a primeira em Salvador. Conhecido por evangelizar por meio da música, Padre Fábio de Melo tem 17 anos de carreira, 16 CDs gravados e quatro DVDs.

Fiéis e fãs formaram um só coro para rezar a oração do Pai Nosso, antes da entrada do padre e cantor. Eles também se misturaram para formar um público animado que acompanhou o padre em todas as músicas desde a abertura do show, quando ele cantou “Manda Teus Anjos”. No repertório, ele incluiu, além das canções religiosas, músicas como “Pareço um Menino”, gravada originalmente por Fábio Junior, “Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim”, sucesso na voz de Ivete Sangalo e “Amor Pra Recomeçar”, de Frejat.

O clima na praça era bastante familiar. Senhoras, crianças e famílias inteiras foram assistir ao show e ouviram uma pregação do religioso falando sobre a importância de valores como família e educação em detrimento ao dinheiro. A programação na Praça Castro Alves foi aberta com o Espetáculo 466, dirigido por Ricardo Bittencourt, e que reuniu os principais ícones da cidade – baianas de acarajé, percussionistas e capoeiristas, em um abraço simbólico à capital baiana, seguido por um “Parabéns Pra Você”.